Sistema de Granulação Imerso em Água

Sistema de Granulação Imerso em Água

O material é alimentado em uma extrusora ou bomba de engrenagens, o qual força o material fundido através da placa matriz. Antes da placa matriz pode haver outros periféricos como troca telas, válvula diversoras, bomba de engrenagens, etc.

Assim que a material passa pela placa matriz o material é cortado pelas facas rotativas gerando os grãos, que são solidificados pela água de processo passando através da câmara de corte. O tamanho do grão é uma combinação de diversos fatores: diâmetro do furo, velocidade da massa passando pelo furo, número de facas e velocidade de corte.

A água de processo retira os grãos da câmara de corte, faz com que passem por um visor de fluxo e sejam encaminhados ao conjunto de secagem através da tubulação de aço inox. Durante este percurso os grãos são resfriados.

Na entrada do secador, aproximadamente 95% da água é eliminada pela gravidade e o residual é eliminado pela ação centrífuga. Os grãos são expulsos da centrífuga através de um duto de descarga.

A água que sai do secador retorna ao conjunto de preparação da água onde ela é filtrada, pressionada e resfriada, retornando ao sistema em circuito fechado.

O Sistema de Granulação Imersa em Água é normalmente composto pela câmara de corte, conjunto do peletizador, painel, secador e equipamentos auxiliares.

Os Sistemas de Granulação imerso em água são usados para produzir grãos de uma grande variedade de termoplásticos, elastômeros, materiais parcialmente carregados, resinas virgens e polímeros de baixa viscosidade.

A BY ENGENHARIA representa a GALA (Maag Group) no Brasil e através de uma licença de tecnologia fabrica Sistemas de Granulação Imerso em Água em território nacional. Para mais informações, clique aqui e contate-nos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu