Com o intuito de manter precisão no transporte de volume do material, a bomba de engrenagem foi desenvolvida também para eliminar a pulsação da matriz gerando uma pressão uniforme,  aumentar a vida útil da extrusora e garantir uma redução de 20% na energia geral.

A bomba de engrenagem é montada entre a extrusora e a matriz para eliminar a variação de espessura do produto devido à variação de pressão da extrusora.

Por mais de 100 anos, a MAAG GROUP desenvolveu e fabricou bombas de engrenagens em sua sede na Suíça e ainda hoje continua sendo a líder mundial neste campo.

Garanta a estabilidade do processo

Na imagem abaixo podemos observar duas linhas de extrusão, onde uma utiliza bomba de engrenagem e a outra não.

Nota: Na linha de extrusão onde temos a bomba instalada, há um aumento da pressão na chegada do material à matriz, garantindo assim uma maior estabilidade da linha e uniformidade do material.

Partes da Bomba de Engrenagens

O sistema é composto de basicamente 03 partes distintas:
  • a bomba de engrenagens com engrenamento altamente preciso;
  • o sistema de acionamento (eixo cardã, motor com velocidade variável e  redutor);
  • controlador de alta tecnologia

Qual a vantagem de se ter uma bomba de engrenagem na sua linha de extrusão?

Além de manter a temperatura e a pressão constante durante o processo, a bomba de engrenagem garante melhora na qualidade do produto, aumento da produtividade de 15 a 100% e o melhor, retorno do investimento menor que 12 meses.

Não podemos nos esquecer de mencionar que ela reduz o desgaste da rosca e do canhão; tem a possibilidade de processar material reciclado moído em até 100% e é adaptável em qualquer extrusora.

Descrição:  É um dispositivo de deslocamento positivo que apresenta um baixo deslizamento para altas viscosidades e fornece ao equipamento uma eficiência mecânica de bombeamento de aproximadamente 95% (Compare-se este valor com uma  eficiência de 20% para uma rosca de extrusora à alta pressão). O princípio de  funcionamento é simples, porém requer uma grande precisão mecânica, bem como um controle de sincronismo.

Processo: O polímero é alimentado à Bomba de Engrenagens sob uma pressão suficiente para encher as cavidades das engrenagens enquanto elas giram. Estas cavidades estão  cheias na entrada e são conduzidas à saída onde são descarregadas. Os dentes das engrenagens, então, acoplam-se precisamente comprimindo todo o polímero para fora e formando uma vedação rotativa contínua que isola a entrada da saída da Bomba. A rotação da extrusora é controlada de acordo com a pressão de entrada, ajustando-se contínuamente através de um controlador eletrônico que faz parte do  sistema.

Aplicações: Linhas de fabricação de Chapas, Perfis, Filmes, Tubos, Fios e Cabos, etc…

 

Para cada aplicação existe um tipo de bomba de engrenagem.
Nós temos o modelo ideal para você!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu